Armário funcional: dicas de como ter um guarda-roupas minimalista

Não se engane, um armário cápsula não precisa ser sinônimo de falta de opção.

Photo by Andrea Piacquadio from Pexels


Você usa todas as peças de roupa que tem no seu armário? Pode ser sincerx. Provavelmente não, né?

Quantas vezes nos pegamos olhando para um guarda-roupa cheio de roupas e parece que não existe uma única opção ali dentro que seja o que queremos usar?


Isso pode acontecer por vários motivos. Não é incomum guardarmos aquela peça que não usamos há anos, porque acabamos acreditando que uma hora ela nos fará falta. Também tem as roupas que compramos por impulso, e quando a emoção passa, olhamos bem pra ela e já vem aquele pensamento: "ihh, quando será que eu vou usar isso aqui, hein?". Tem aquela roupa que não nos serve mais; aquela outra que temos um apego emocional; e aquela outra que é linda! Mas no fim, nunca usamos. Ahhh, mas e a que foi caríssima e parecia uma ótima compra? Também faz parte do nosso armário. Tem também aquela que vamos mandar arrumar, mas nunca dá tempo; e a que pensamos que logo logo vamos nos sentir a vontade pra vestir... Ah, dá pra ir longe aqui.


E, enquanto isso, nosso armário vai ficando cheio de roupa e quase sempre usamos as mesmas. É importante pensarmos que essas peças paradas podem ser usadas por outras pessoas e fazer parte de novas histórias. Você pode trocar por novas peças com umx amigx, doar para quem precisa, vender para um brechó... Existem muitas maneiras corretas e sustentáveis de diminuirmos a quantidade de peças que não usamos e mantermos apenas aquelas que de fato farão parte da nossa vida. E sabe o que? Criar esse guarda-roupas com poucas peças, porém com muitas combinações e usos diferentes é mais fácil do que se imagina. Dá uma olhada:


Você conhece seu estilo?


É claro que podemos e, muitas vezes temos, mais de um estilo. Mas, no geral, existe um tipo de peça, tons e até caimento que nos sentimos super bem quando usamos. É importante identificar essas características e apostar nesse tipo de peça. Adquirir roupas muito distante do que costumamos usar acaba não sendo positivo. Essa é aquela peça que acaba ficando no fundo do armário. A melhor dica aqui é: evite comprar por impulso.


Dê preferência à peças de qualidade (e não quantidade)


Não vale a pena comprar um montão de peças que logo logo irão desbotar, descosturar, rasgar... Opte por peças de qualidade e duráveis. Além da qualidade, é interessante escolher peças atemporais, com estampas clássicas (quem disse que precisa ser tudo liso? rs) como o xadrez, as listras e até o poá. Camisas e camisetas são peças que podem ser usadas de diversas maneiras, bem como calças, saias e vestidos. Dá pra dar um nózinho na camiseta, dobrar a barra da calça, deixar a saia mais curta, usar a camisa de várias formas... Os truques são infinitos. Se inspire, pesquise imagens de referências e você verá a quantidade de combinações diferentes que é possível montar com peças clássicas e de qualidade.


Agora, vamos a um pequeno passo a passo, prático e rápido:


1 - Comece pela parte de cima


O tamanho do seu armário-cápsula pode ser estipulado por você mesmx (mas lembre-se que é pra ser cápsula, rs, mantenha o foco). Para começar escolha as partes de cima. Uma boa média é pensar em 6 partes de cima para 3 partes de baixo. Essas 6 peças podem ser camisetas, camisas, suéters... Bem como lisas ou estampadas. Quer uma diquinha bacana? Tente que as escolhas de pças estampadas tenham alguma cor que seja igual as das peças lisas. Ah, pense em texturas também.


2 - Agora escolha as partes de baixo


Depois de ter suas peças da parte de cima escolhidas é hora de selecionar 03 partes de baixo: calças, saias, calças de alfaiataria... O que você mais gosta de usar. Nesse momento é legal optar por cores mais neutras como o preto, marinho, cinza (é só uma dica, claro, o importante é sempre escolher aquilo que sabemos que nos faz sentir bem ao usar). E agora com as duas partes escolhidas já é possível, no mínimo, combinar cada parte de baixo com 02 ou 03 peças de cima.


3 - Agora, é só montar seus looks


Se fizermos as contas, só com essas partes de cima mais as de baixo já são possíveis 18 combinações diferentes. Sem contar os acessórios: lenços, sapatos, bolsas e acessórios que, quando incluídos nesses looks, podem trazer ainda mais combinações diferentes.


Legal, né? Um armário-cápsula, é uma maneira der ser mais sustentável e também econômico. Além disso estimula nossa criatividade e nos ajuda naqueles dias que temos pouco tempo ou não sabemos o que usar afinal, já teremos combinações prontas.


Escrito por,

Equipe Impacto


Referências:

https://modaforadacaixa.com/guarda-roupa-funcional/

https://estiloaomeuredor.com/guarda-roupa-capsula/



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo