Masculinidade Tóxica

Um comportamento destrutivo que afeta toda a sociedade.


O tema previsto para o artigo de hoje definitivamente não era esse (e tampouco pretendia escrever em primeira pessoa), mas durante uma pesquisa, me deparei com uma matéria feita pela FFW sobre masculinidade tóxica explicando de maneira fácil e didática essa questão. Os movimentos feministas vêm, a cada dia que passa, crescendo cada vez mais, e eles são mais do que necessários para uma sociedade saudável. Não é raro eu ter a sensação, durante conversas e, às vezes, discussões mais acaloradas que existe um grande mal entendido em relação aos papéis de gêneros perante a sociedade.


Um clássico é associar o feminismo ao ódio aos homens: as "feminazis", um termo pejorativo e que vai totalmente contra a causa. É importante entender que o feminismo existe para garantir direitos básicos das mulheres, mas também abraça os homens. A maneira tradicional que muitos homens são educados, bem como nossa sociedade é formada, faz deles machistas, e é uma grande ilusão achar que, de fato, isso é benéfico.


E aí entra a masculinidade tóxica, um termo muito falado, mas que muitas vezes não deixa claro seu real significado. Pensando nisso, a FFW compilou diferentes tópicos, entre citações e pesquisas, que nos ajudam a entender melhor os graves efeitos e consequências desse comportamento. Nós separamos 10 pontos para dividir com vocês.


A masculinidade tóxica fará com que 1 em cada 5 homens nas américas não cheguem aos 50 anos de idade.

Fonte: Organização Pan-Americana de Saúde


A taxa de mortalidade de homens jovens é de quatro a sete vezes maior que a de mulheres jovens.

Fonte: Organização Pan-Americana de Saúde


A masculinidade tóxica contribui para maiores taxas de suicídio, homicídio, vícios e acidentes de trânsito, bem como doenças crônicas não transmissíveis.

Fonte: Organização Pan-Americana de Saúde


Práticas de gênero socialmente impostas aos homens reforçam a falta de autocuidado e a negligência de sua própria saúde física e mental.

Fonte: Organização Pan-Americana de Saúde


As principais causas de morte nas Américas, incluindo doenças cardíacas, violência interpessoal e acidentes de trânsito, estão diretamente relacionadas a comportamentos machistas construídos socialmente.

Fonte: Organização Pan-Americana de Saúde


Sete em cada dez homens lida com um distúrbio emocional hoje, em algum nível.

Fonte: Pesquisa "O silêncio dos homens"


Sete em cada dez homens concordam que foram ensinados, durante a infância e adolescência, a não demonstrarem fragilidade.

Fonte: Pesquisa "O silêncio dos homens"


Para o sociólogo americano Michael Kimmel, fundador e diretor do Centro de Estudos dos Homens e das Masculinidades da Universidade Stony Brook (NY), esse ideal de masculinidade imposto está diretamente ligado à dificuldade masculina em falar de sentimentos e aos indicadores de suicídio serem muito mais altos entre homens do que entre mulheres.

Fonte: Dossiê Google Brandlab - A Nova Masculinidade e os Homens Brasileiros.


"O papel masculino que uma sociedade sexista impõe ao homem é uma imagem de machismo e de virilidade muitas vezes mutiladora para o homem como a imagem da feminilidade para a mulher"

Nolasco, Sócrates. O mito da masculinidade. (1993)


"O homem na sociedade patriarcal é construído para ser como um deus: centralizador, conscientemente poderoso e previamente definido. E é aí que a violência se configura como uma ferramenta do controle da sua estabilidade, usada para esconder sentimentos de mágoa, tristeza, depressão e medo, capazes de provocar sintomas de angústia e aniquilamento."

Muszkat, Malvina. O homem subjugado: o dilema das masculinidades no mundo contemporâneo (2018).4


Desconstruir os papéis de gênero pode ser o primeiro passo para nos libertarmos de comportamentos impostos a nós, mas que não necessariamente nos fazem algum bem.


Escrito por,

Equipe Impacto


Fonte:

https://ffw.uol.com.br/noticias/comportamento/entendendo-a-masculinidade-toxica-em-16-topicos/











3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo