O que é compostagem e como fazer em casa

Atualizado: 21 de Dez de 2020

Ter uma composteira é mais simples do que pensamos e o impacto ambiental positivo que ela causa é maior do que imaginamos.



Quando falamos em reciclagem, a primeira imagem que nos vem a cabeça é das lixeiras divididas em quatro opções: papel, plástico, metal e vidro. Mas, e o lixo orgânico?


De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, o Brasil recicla apenas 1% das quase 37 milhões de toneladas de lixo orgânico produzido anualmente. Esse é um resíduo que tem potencial econômico para virar adubo, gás combustível e até mesmo energia.


Todo esse lixo, quando entra em decomposição, seja nos lixões ou aterros sanitários, produz gás metano, que é um dos principais causadores do efeito estufa. Por isso, reciclar o lixo orgânico é tão importante quanto qualquer outro resíduo. E o processo de reciclagem caseiro é mais fácil do que pensamos. Veja dicas abaixo de como fazer sua própria compostagem.


Em casa

  1. Faça um buraco na terra em um tamanho apropriado para armazenar a quantidade de lixo orgânico gerado pelos moradores da casa. A profundidade pode ser por volta de 30 cm.

Para que as laterais não desmoronem, você pode usar uma caixa de madeira sem fundo como suporte;

  1. Coloque o lixo orgânico na abertura feita na terra, mas atenção, não espalhe. Para evitar mau cheiro, cubra com bastante folha seca ou serragem;

  2. Como se fosse uma planta, regue sua composteira. A umidade ajuda na aceleração da decomposição;

  3. A cada 15 dias é aconselhado revirar o material para aerar a mistura;

  4. Após algumas semanas, você verá que o material virou uma terra escuro e fofa. Ela é nutritiva e excelente para ser usada como adubo.


Mas e quem mora em espaços menores, como apartamento? Também é possível ter uma composteira. Veja abaixo


Em apartamento


  1. Nesse caso, deve-se usar uma composteira de minhoca de três andares. É possível comprar esse recipiente já pronto, mas, se quiser, também pode ser feito com caixas ou baldes de plástico ou madeira com furos na base. Esses furos permitirão que as minhocas possam circular e o líquido gerado seja drenado;

  2. O resíduo orgânico deve ir no andar do topo e ser coberto por folhas secas e serragem. É importante manter sempre úmido, para ajudar na decomposição e manter as minhocas vivas. Deixe o material descansando por aproximadamente um ou dois meses;

  3. Durante o período de descanso, o andar do topo é trocado com o do meio, começando assim outro ciclo de reciclagem;

  4. O último andar, o de baixo, serve para armazenar o líquido que escorre.

  5. Prontinho! No fim destes meses, o adubo está pronto para ser usado. Para retirar o material sem ferir as minhocas, coloque a composteira no sol, pois elas irão cavar para o fundo e será possível coletar o adubo.


E para terminar, não se esqueça:


Cubra sempre o material com folhas secas ou serragem, pois isso evitará o mau cheiro e insetos como moscas. Formigas pequenas e besouros podem aparecer também, mas não se preocupe, eles ajudam na compostagem.

Nem todo lixo orgânico pode ser levado a composteira, veja o quadro abaixo:



Como é uma composteira:

Imagem: e-cycle (https://www.ecycle.com.br/2089-tipos-de-composteira) Nenhuma violação de direitos autorais pretendida.


É importante reciclar o máximo possível. O planeta, mais do que nunca, precisa da nossa colaboração.


Escrito por

Equipe Impacto



Fontes:

https://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/243607/apenas-1-do-lixo-organico-e-reaproveitado-no-brasi.htm

https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Sustentabilidade/noticia/2018/02/o-que-e-compostagem-e-como-faze-la-em-casa.html

https://casacor.abril.com.br/sustentabilidade/aprenda-a-fazer-compostagem-em-casa/

https://moradadafloresta.eco.br/

https://www.ecycle.com.br/2089-tipos-de-composteira


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo