Você conhece o movimento Fashion Revolution?

Atualizado: Ago 13

Entenda porque é tão necessário mudar a maneira de produzir e consumir moda.


No dia 24 de abril de 2013, o Edifício Rana Plaza em Bangladesh, desabou e causou a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2.500 feridos. As vítimas trabalhavam para marcas globais em condições análogas à escravidão. Após essa tragédia um conselho global de profissionais da moda se sensibilizou e criou o movimento chamado Fashion Revolution.


Por meio de pesquisas, informações, colaborações e mobilizações, o movimento existe por uma indústria da moda responsável em todos os aspectos - uma moda limpa, segura, justa e transparente. Dentre os principais objetivos, o Fashion Revolution trabalha conscientizando o setor sobre os impactos socioambientais que o mesmo causa, celebra e dá visibilidade aos trabalhadores da indústria, estimula a sustentabilidade e novas maneiras de criar e produzir.


O movimento criou uma campanha de grande alcance e muito sucesso, chamado #QuemFezMinhasRoupas. Essa ação surgiu para aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e o impacto que causa no mundo - desde o processo de produção até o consumo e descarte. Além disso, inicialmente realizado no dia 24 de abril, o Fashion Revolution Day ganhou tal força que se tornou a Semana Fashion Revolution, contando com atividades promovidas por núcleos voluntários, por todo o globo, são mais de 100 países envolvidos.


No Brasil, a Semana Fashion Revolution acontece desde 2014 por todo o país. São ministradas aulas, rodas de conversa e exibição de filmes e documentários com o viés de mudança de mentalidade e comportamento para com os consumidores, profissionais da moda e empresas. Em 2020, a semana foi apresentada, excepcionalmente, no âmbito digital, e impactou cerca de 100.000 pessoas em 65 cidades do Brasil. A organização do evento foi feita por 65 representantes locais, 55 embaixadores em 114 escolas e universidades responsáveis pela organização de mais de 200 eventos. Aproximadamente 500 marcas de vestuário se engajaram na campanha.


O Fashion Revolution é um movimento de extrema importância não só para a moda, mas também para o planeta. Aprender novos jeitos de produzir e consumidor se tornou uma necessidade para construirmos, cada vez mais, uma indústria saudável.

Para conhecer mais sobre o projeto, acesse o site: https://www.fashionrevolution.org/


Quer saber um pouco mais sobre esse universo? A Impacto indica:

Documentário The True Cost, do diretor Andrew Morgan

A sequência de livros do André Carvalhal - Moda com Propósito, A Moda Imita a Vida e Viva o Fim.


Fonte: https://www.fashionrevolution.org/south-america/brazil/

23 visualizações0 comentário